Selecione a página

Apoie projetos sociais do DF!

Apoie projetos sociais do DF!

Neste momento difícil de pandemia e completo descaso do governo federal com a vida dos brasileiros, a situação da população está cada dia pior. E se a luta pela garantia de direitos é urgente, também é fundamental que façamos a nossa parte e coloquemos “a mão na massa”, na medida do possível.

Esse mês eu apoiei três projetos sociais: o Fundo de Apoio Emergencial as Artistas LGBTI+ do DF; o Projeto Dividir Rede de Solidariedade; e o maravilhoso Mutirão do Bem Viver. Foram doações que eu fiz porque tive condições financeiras, uma vez que são projetos que pessoalmente você não ganha produtos em troca – “apenas” a certeza de estar fazendo um pouquinho de diferença na vida de alguém. Agora, mesmo que você não esteja em condições de apoiar um projeto deste tipo, ainda assim há muitas maneiras de ajudar quem mais precisa. E é sobre isso que quero falar.

Aqui no DF, por exemplo, vai ser obrigatório o uso de máscaras nos próximos dias. Que tal comprar a sua e ao mesmo tempo apoiar projetos de mulheres? Geralmente ainda sai mais barato do que comprar em farmácias e mercados. Confira aqui uma lista.

Tá sem tempo para cozinhar ou quer pedir um delivery para variar o cardápio? Procure restaurantes pequenos, que você já conhece. Sai mais barato e é mais saudável do que pedir fast-food. Também evite pedir pelo ifood, isso diminui a margem de lucro dos estabelecimentos. No mandato do distrital Fábio Felix fizemos uma lista com autônomos e pequenas empresas do DF que são de confiança, confira aqui.

Claro que eu não poderia deixar de fazer propaganda extra da Casa Vegana de Brasília, né? A Faz Bem, da qual fui um os fundadores, teve a iniciativa fantástica de fechar as portas mesmo antes da determinação do governo, para preservar sua equipe. Há algumas semanas eles começaram a fazer delivery, mas só quem está trabalhando são os sócios. As entregas estão sendo feitas por motorista próprio, porque plataformas como ifood não tem garantido condições adequadas aos seus entregados. Manda um zap pro 61 99433-2369 pra receber o cardápio atualizado!

Precisa ir ao supermercado? Muitas vezes aquela mercearia/mercadinho do seu bairro está entregando, ou fazendo um esquema de “drive thru”. Dá uma ligada, procura no google. Grandes corporações não se preocupam com a vida das pessoas. A sua compra do mês pode fazer a diferença na vida da família do comerciante e da sua equipe.

Vai na farmácia comprar xampu, sabonete etc? Que tal encomendar cosméticos veganos, feitos com muito carinho pela amiga Milena? Ela é cosmética, pós-graduada em manipulação de produtos cosméticos e ama coelhos. Confira aqui o site dela.

Que tal fazer uma aula de inglês virtual e todo o valor ser revertido na confecção de máscaras a serem doadas a pessoas em situação de rua? Essa é a iniciativa da amiga Nayara Guércio, a professora de inglês mais incrível dessa Brasília. Manda uma DM pra ela no Instagram e marque seu horário no Skype ou no Zoom!

Outra coisa importante a se lembrar é que a maioria dos projetos, como os que eu citei lá no início, não possuem valor mínimo de doação. De 10 a 100 reais, qualquer quantia ajuda SIM.

Se puder, fique em casa. Manda um “oi sumido” praquele amigo(a) que você acha que pode estar passando necessidade, faz uma postagem na sua rede se colocando à disposição para ajudar. E, claro, vamos juntos derrubar este presidente, porque com Bolsonaro trabalhando do lado do coronavírus a luta se torna ainda mais difícil.

Até a próxima!

Propaganda

Sobre o autor

Thiago Vilela

Atualmente é coordenador de Comunicação do dep. Distrital Fábio Felix. Graduado em jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB), fez intercâmbio em Belas Artes na Universidade do Porto (Portugal) e Artes Gráficas na RedZero (Full Sail University, incompleto). Fundador da Casa Vegana de Brasília, trabalhou como Assessor de Imprensa e Editor de Vídeos na Comissão Nacional da Verdade (CNV) e na Câmara dos Deputados no mandato do dep. Chico Alencar.

Receber atualizações
Me notifique
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments