Select Page

O que eu fiz na Copa passada?

A Copa do Mundo de 2018 começa nesta quinta-feira e não à toa, a Internet já tá à beira de um colapso naquela eterna rixa do “é gol” x “é pão e circo.” Fugindo da dicotomia de sempre, a gente prefere perguntar: “É Copa pra quem?”

Por Sabrina Fernandes, do Canal Tese Onze.

Copa pra quem?

NOSSOS LINKS

Apoia-se: http://apoia.se/teseonze

Facebook: http://facebook.com/teseonze

YouTube: http://youtube.com/teseonze

Twitter: http://twitter.com/safbf

Instagram: http://instagram.com/teseonze

Política de moderação de comentários do canal: https://goo.gl/koGa2V

Igualmente veja mais postagens do canal Tese Onze aqui no OCOMPRIMIDO: https://www.ocomprimido.com/author/teseonze/

Ajude a manter o Tese Onze no ar:

Tese Onze nasceu da minha vontade (eu, Sabrina) de colocar a didática do conteúdo audiovisual a favor da promoção de crítica (à esquerda) e autocrítica (à esquerda). Aproveitando anos de militância e de pesquisa acadêmica de cunho marxista, feminista, ecossocialista, abolicionista e tudo mais, o canal garante que alguns de nossos debates não fiquem presos à academia ou à círculos organizacionais e grupos de vanguarda.

Mas produzir esse conteúdo não é fácil. Eu optei por um formato inspirado na série do Crash Course (estadunidense) mas com conteúdo não apenas de aula, com crítica militante também. Em vez de produzir um artigo sobre cada tema, eu produzo um vídeo, mas o vídeo dá muito mais trabalho. Tem pesquisa (muita!), tem criação de roteiro, tem gravação, tem edição, e tudo que vem após publicar: engajar com comentários (uns legais, outros nem tanto), lidar com críticas construtivas, debater ideias, promover os vídeos e colar junto com outros projetos audiovisuais na esquerda que eu quero incentivar e ajudar como possível.

Eu faço a maior parte disso sozinha, inclusive toda a edição de vídeo e áudio, com alguma ajuda camarada na hora de gravar e na parte de divulgação. No total, vídeos tomam entre 15 e 20 horas da minha semana – mas eu não sou YouTuber profissional. Sou pesquisadora e professora universitária, vivendo de contrato temporário, em um país em que a precarização do trabalhador acadêmico da minha geração já virou tendência.

Apóie: https://apoia.se/teseonze

Por isso o Apoia.se, que sistematiza o que a militância faz de melhor: encontrar formas de autosustento coletivo. Qualquer real levantado pela plataforma vai ajudar a manter o canal no ar, melhorar a produção técnica e contribuir com o avanço de conteúdo abertamente de esquerda (socialista!) na Internet.

Sobre o autor

Tese Onze

O Tese Onze é um canal focado em debater o senso comum, trazer pontos sobre sociologia e política e acumular bagagem pra transformar o mundo. Não se trata de um canal preparatório de conteúdo educacional, mas de informação e formação política. O conteúdo dos vídeos e a maior parte da produção é todo feito por Sabrina Fernandes, socióloga doutora, professora, militante ecossocialista e feminista. Este site é um republicador do conteúdo do Youtube.

O que achou da publicação?

avatar
1500
  Receber atualizações  
Me notifique