Selecione a página

Enquanto o arroz bate recorde de preços…

…o agronegócio bate recorde de lucros.

Fonte: Canal Rural

E o Movimento Sem Terra (MST), mais uma vez, tá batendo um bolão. A organização é a maior produtora de arroz orgânico da América Latina.

E tem solução?

Para combater a inflação, o governo anunciou que pode zerar o imposto de importação para baratear o preço de itens da cesta básica – o que inclui o arroz. O problema é que, além de ser uma medida apenas para médio prazo (já que envolve negociações entre países e fretes demorados), faz algum sentido o Brasil bater recorde de exportação de arroz… e o povo ter que importar arroz? Só mesmo para os empresários, que recebem em dólares vendendo no mercado internacional.

O pior disso tudo é saber que o Brasil já passou por esse problema antes e já tinha desenvolvido uma solução.

O mesmo Bolsonaro que quer zerar o imposto de importação praticamente ACABOU com o estoque de alimentos estratégicos (saiba mais aqui), que viabilizava a Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM) da Conab. Se o programa estivesse funcionando como deveria, a Companhia Nacional de Abastecimento conseguiria reduzir a flutuação de preços, proteger pequenos produtores e garantir que, em caso de um possível desabastecimento ou numa situação como a atual em que os empresários estão preferindo exportar, os estoques públicos alimentassem a população.

Esse é o poder de uma política pública pensada para o bem comum da sociedade. O problema é que, para funcionar, é necessário um governante que privilegie a vida das pessoas, não o lucro do agronegócio.

Jornalismo policial, aplicativos de entrega e capitalismo

Esta semana diversos canais produziram vídeos excelentes, e queria destacar três que me chamaram a atenção – e, na minha opinião, se complementam.

Não costumo publicar conteúdo nos finais de semana, mas neste caso vale abrir uma exceção e aproveitar o feriado para ignorar o Bolsonaro assistindo conteúdo de qualidade:

A primeira indicação é do canal Tese Onze, da amiga Sabrina Fernandes. No vídeo, Sabrina discute o termo “Fim da história” (que se popularizou entre o final da década de 80 e começo dos anos 90) e como essa ideologia foi apropriada e recentemente ressignificada dentro do capitalismo de tal forma que a própria extrema-direita tem se colocado como alternativa.

ler mais…

Olá! Sou Thiago Vilela, jornalista formado pela Universidade de Brasília. Atualmente sou coordenador de comunicação do Dep. Distrital Fábio Felix (PSOL/DF) e produzo o podcast Balbúrdia. Sou um dos criadores da Casa Vegana de Brasília.

Este é meu blog, onde falo sobre política, comunicação, veganismo e tecnologia. Para saber mais, clique aqui.

Não deixe de ativar as notificações, salvar a página nos favoritos e me seguir nas redes sociais. Boa leitura!

TARJA PRETA

GENÉRICO

LSD

PLACEBO